Campeonato Ford Fiesta Feminino.

       

    A categoria teve curta duração e figurou no calendário do automobilismo nacional em 2001. Com a organização da AMPACOM, uma associação de pilotos femininos presidida pela esposa de Émerson Fittipaldi, Maria Helena Fittipaldi.

    Os carros eram preparados pelo centro de pilotagem Roberto Manzini e sorteados entre as pilotos. A preparação, incluia apenas abertura no escape, remapeamento e filtro de ar esportivo, elevando a potência do Zetec Rocam 1.6 para 105cv, 10 a mais do que a do motor original. Pneus e freios eram originais e na suspensão era permitido o uso de molas esportivas.

    Os capôs são lacrados e o único ajuste permitido às pilotos é o de distância do banco

    A largada é com os carros partindo da imobilidade, tradicional do automobilismo brasileiro e as corridas eram cheias de pegas. O equilíbrio entre as participantes é muito bom e quase nunca a corrida tem uma líder só.

       

   A categoria foi extinta em 2002 devido ao lançamento do novo Ford Fiesta, ainda não preparado para as pistas. Esperamos ansiosamente que em 2003 a categoria volte com força total, com cobertura jornalística Fiesta HP.

          

   As pilotos são muito simpáticas, acima eu com Suzane Carvalho (vermelho) e Patrícia Vega (branco). Ambas possuem sites pessoais na Internet, os links são:

Patrícia Vega:         www.patriciavega.com.br
Suzane Carvalho:  www.uol.com.br/suzane

Prestigie o automobilismo nacional, compareça as provas, comente com seus colegas e se for o caso, patrocine as pilotos.

Mais fotos:

       

28/10/2001
Voltar