FORD F-4000 VENCE O RALLY ROTA SUL NA CATEGORIA CAMINHÕES

O caminhão Ford F-4000 da equipe Território 4x4, pilotado por
Ricardo Domingues, venceu o Rally Rota Sul na categoria Caminhões, disputado
no Rio Grande do Sul. O desempenho da equipe, integrada também pelo
navegador Nilo de Paula e o mecânico Henrique Furika, foi perfeito durante
todos os 925 quilômetros da prova, completada no tempo de 7h58m57s. A
conquista mostra a força e evolução do Ford F-4000 com tração 4x4, que
venceu quatro das primeiras cinco etapas do Rally dos Sertões no ano
passado, e agora entra firme na briga pelo título do Campeonato Brasileiro
de Rally Cross Country.

O Rally Rota Sul, primeira das sete etapas do campeonato
brasileiro, é o segundo maior do País e percorre o Estado do Rio Grande do
Sul praticamente de ponta a ponta, com três especiais (trechos
cronometrados). O primeiro dia, de Torres a Rio Grande, foi feito em roteiro
de areia, totalizando 460 km. O segundo, de Rio Grande a Bagé, passou pela
Região dos Pampas, com pedras, erosões, rios, lombas e cascalho.

O Ford F-4000 dominou a prova desde a largada. Ricardo Domingues
adotou a estratégia de não deixar os competidores se aproximarem para a
ultrapassagem, abrindo boa vantagem na etapa inicial. "Nosso grande desafio
era passar pelas dunas no primeiro dia. Como foi tudo perfeito, no segundo
dia foi só administrar a vantagem para conquistar a vitória", comemora o
piloto. A afinação apresentada pelo time e pelo veículo já na primeira prova
mostra que os acertos feitos para esta temporada foram eficientes. "Agora é
só lavar o F-4000 para corrermos a próxima etapa", diz Ricardo.

O navegador Nilo de Paula destacou a agilidade do veículo.
" Pensei que seria mais fácil navegar a bordo do F-4000, mas o caminhão é tão
rápido quanto um carro, tornando o desafio ainda maior pelo seu tamanho. A
sensação de missão cumprida dá um alivio enorme, ainda mais quando se começa
a temporada com uma vitória. Nos aguarde para as próximas etapas", diz.

A próxima etapa do campeonato brasileiro, o Rally do Petróleo,
será realizado nos dias 7, 8 e 9 de maio, em Campos, RJ.

Preparação especial

Idealizado por Edu Piano, diretor da equipe Território 4x4, o
F-4000 de rali recebeu várias modificações, incluindo a tração 4x4 e peças
do F-350, para enfrentar os desafios da competição. O freio a disco nas
quatro rodas, com ABS traseiro, e a barra estabilizadora dianteira e
traseira foram mantidos do modelo original.

O motor teve sua potência aumentada de 141 cv para 185 cv. A
coroa e o pinhão traseiros foram substituídos por uma relação 13% mais
longa, igualando à da dianteira. O baú é de alumínio, para melhorar a
aerodinâmica, e os pneus também são especiais para competições off-road.

O tanque de combustível e o suporte dos estepes foram
reposicionados para tornar mais fácil a manipulação na trilha. A parte
traseira do chassi foi encurtada em 30 centímetros e os amortecedores foram
substituídos por peças americanas de competição. No total são 10, sendo seis
na dianteira e quatro na traseira. A saída do filtro de ar foi direcionada
para dentro da cabine, para evitar a entrada de poeira e água.

A cabine precisou ser toda desmontada para colocação dos três
bancos concha, da gaiola, de acordo com as normas da FIA - Federação
Internacional de Automobilismo, modificação da coluna de direção e colocação
dos relógios de competição. O pára-brisa é fixado com travas, sem cola: no
caso de um acidente em que não seja possível abrir as portas, é só chutar o
vidro.

O caminhão é equipado, também, com sistema antichamas,
iluminação traseira do baú e outros equipamentos de segurança exigidos pela
CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo.


Fonte e fotos: Imprensa Ford
Publicação: Ygor - Staff Fiesta HP

Voltar
23/01/2004 - Fiesta HP