Ford Cresce no seguimento de Picapes

              A Ford cresceu 20,3% nas vendas de picapes no primeiro quadrimestre de 2004 em comparação com igual período do ano passado. Foram 5.561 unidades vendidas frente a 4.621 em 2003, segundo dados do Renavam. Com esse resultado a Ford superou o crescimento do segmento, que foi de 16,3%, e elevou a sua participação para 14,6%. A marca é a única que atua em todos os segmentos do mercado de picapes – leves, médias e grandes – e evoluiu em todos eles.

            O principal destaque foi a picape média Ranger, que teve um crescimento de 40,3%, somando 2.370 unidades. O modelo ficou no terceiro lugar em vendas, com 16,7% do segmento. As novidades introduzidas na linha 2004 e o lançamento de versões especiais, como a Ranger Storm e a Limited Two Tone, contribuíram para esse desempenho. Todos os modelos da Ranger 2004 trazem ar-condicionado e trio elétrico como itens de série, além de bancos anatômicos, porta-luvas iluminado e freios traseiros ABS. As versões cabine dupla têm ainda vidros elétricos traseiros, com controles de porta iluminados.

 

 

            A Ford Ranger é produzida nos modelos com cabine simples ou dupla, tração 4x2 ou 4x4, e tem os motores mais fortes da categoria: o Power Stroke Turbo Diesel 2.8 L com turbo convencional, de 132 cv, ou turbo de geometria variável (TGV), de 135 cv, e o Ford 2.3 L a gasolina, de 145 cv, o primeiro do segmento com bloco, cárter e cabeçote de alumínio.

            Outro bom desempenho foi o da Ford F-250, que cresceu 28,6% no período, com 872 unidades. Reinando praticamente absoluta no segmento de picapes grandes, do qual detém 98,3%, a F-250 ganhou impulso com o lançamento da versão Cabine Dupla, a maior do Brasil tanto em espaço interno como em capacidade de carga, de 1.150 kg. A linha é equipada –,  com o motor 4.2 L MWM a diesel, de 180 cv de 6 cilindros em linha – e duas opções de acabamento, XL e XLT, incluindo direção hidráulica e freios traseiros ABS como itens de série.

             A Courier vendeu 2.319 unidades de janeiro a abril, um crescimento de 2,9% sobre o ano passado, e garantiu o bom volume da marca. Além do excelente desempenho oferecido pelo motor Zetec RoCam 1.6 L, de 95 cv, a picape leve da Ford tem como principal vantagem a capacidade de carga de 700 kg e a caçamba com 1,80 metro de comprimento.

 

Foco no agronegócio

 

            O crescimento da Ford no segmento de picapes foi impulsionado por uma nova estratégia de marketing, que enfatiza a qualidade e adequação dos veículos às necessidades dos consumidores. Uma das ações foi a campanha “Twister”, veiculada na mídia este ano, que contrapõe as picapes Ford à força de um furacão. Também foi reforçada a presença da marca, e principalmente da F-250, em eventos ligados ao agronegócio. “A F-250 tem hoje uma identificação muito forte com o agronegócio, é a picape preferida dos produtores rurais.           Tanto que, nas regiões de economia agrícola, diz-se que você sabe se a colheita foi boa pelo número de F-250 novas rodando na cidade”, diz Antonio Baltar, gerente de Marketing de Picapes da Ford.

           As vendas foram incentivadas também por programas especiais de financiamento, oferecidos em conjunto com a Ford Credit. Um deles é a taxa de 0,49% disponível para a compra da Ranger e da F-250, com entrada de 60% e pagamento em 12 meses. Outro é o Plano Safra, criado especialmente para os produtores rurais, que permite a aquisição da Ranger e da F-250 em até seis prestações semestrais, com taxas atraentes e entrada a partir de 20%.

 

Fonte e Fotos: Imprensa Ford
Publicação: Ygor - Staff FiestaHP

Voltar
11/05/2004 - Fiesta HP