Ford Vende 35 Caminhões CARGO 4331 Maxton para a Buck

            A Ford fechou a venda de 35 cavalos-mecânicos Cargo 4331 MaxTon, com capacidade de 43 toneladas, para a transportadora Buck, com sede em Cubatão, São Paulo, que serão usados no transporte de calcário e minério, em um raio de 200 km, da região de Sorocaba ao litoral paulista. O primeiro lote, com 18 unidades, já foi entregue, e os demais serão fornecidos nos próximos meses.

            Antes de decidir pelo Ford Cargo MaxTon, a Buck realizou uma série de testes. Adquiriu duas unidades, que rodaram durante cerca de seis meses em caráter de experiência e foram aprovadas. “A principal vantagem do MaxTon é o custo-benefício em relação à capacidade de carga, de 43 toneladas. Outro ponto que favoreceu a negociação foi o bom atendimento oferecido pela Ford e a assistência técnica prestada pelo distribuidor Felivel, de Sorocaba, que fará a manutenção dos caminhões. Estamos muito satisfeitos com essa parceria”, diz Eduardo Buck, diretor da transportadora.

            “Quem trabalha com transporte de carga sabe que o melhor caminhão é aquele que retorna em rentabilidade o investimento realizado, por meio da capacidade de carga, economia e facilidade de manutenção, além de baixo custo de aquisição. Estes são os motivos do sucesso do Cargo 4331 MaxTon”, diz Cláudio Terciano, gerente de Marketing, Vendas e Serviços da Ford Caminhões. Segundo ele, o MaxTon foi concebido com base nas características e reais condições das estradas brasileiras, trazendo aos usuários um retorno real do investimento, com baixo custo de operação.

            Segurança e ergonomia

            As cabines da linha Cargo estão entre as mais confortáveis e ergonômicas do mercado, têm acesso fácil e não exigem malabarismos do motorista. A área envidraçada é uma das maiores do segmento, o que melhora a visibilidade e facilita as manobras, também pela exclusiva janela lateral alongada. A ausência de vidros traseiros aumenta a segurança, pois evita o arrombamento da cabine pela parte traseira do veículo, dispensa a instalação de cortinas e impede que objetos na carreta caiam dentro da cabine em frenagens bruscas.

Outra grande vantagem do Cargo-4331 MaxTon é a distância mais curta entre o início da cabine e o início da carreta, de 2.098 mm, que permite a instalação de carretas maiores e melhor aproveitamento da plataforma de carga sem ferir a legislação, com maior volume carga transportado por viagem.

 Desempenho e manutenção econômica

O Ford C-4331 é equipado com motor Cummins Turbo Diesel Aftercooler de 303 cv e torque de 122 kgfm (a 1.500 rpm), já conhecido do mercado pela confiabilidade e durabilidade. Outra vantagem é a transmissão Eaton RTLO–12913. “Quem conhece, não troca por outra. Essa caixa é superior em vários aspectos: na durabilidade, na facilidade de operação, pois exige em média 30% menor quantidade de troca de marchas (cinco posições, contra oito da concorrência), menor esforço para troca de alta para baixa, menor deslocamento da alavanca para a troca de marchas e menor esforço do engate”, afirma Cláudio Terciano.

O projeto dessa transmissão dispensa o uso de rolamentos de agulha e de sincronizadores, o que lhe garante uma vida útil igual ou maior que a do próprio motor. Ela utiliza luvas de engate no lugar de sincronizadores, com menor esforço de engate, menor curso da alavanca e maior robustez, e também utiliza óleo comum de motor na lubrificação, o que torna a sua manutenção mais barata que a das caixas de transmissão sincronizadas.

“Tudo isso faz diferença no bem-estar e na produtividade dos motoristas. Além disso, a combinação perfeita da transmissão com o motor e o eixo traseiro proporciona melhor resultado em desempenho e consumo de combustível”, explica o gerente da Ford.

Graças à redução total de 16,86:1 e da transmissão de 5,38:1 do eixo traseiro, o Cargo 4331 MaxTon oferece melhor capacidade de rampa, melhor desempenho em condições extremas e, conseqüentemente, também maior vida útil para a embreagem. Não por acaso, ela é a caixa de transmissão para caminhões pesados mais vendida no mundo e adotada como modelo padrão nas Américas no Norte e Central, Austrália e Nova Zelândia, onde os motoristas já descobriram suas vantagens, como vem acontecendo no Brasil com os caminhoneiros que operam o Cargo MaxTon.

Confiança e versatilidade

O C-4331 MaxTon possui ainda o “air dryer” como dispositivo de série, que diminui o acúmulo de água no sistema de ar comprimido e preserva a durabilidade de seus componentes. E tem sistema elétrico com conversor de voltagem 12 V e 24 V, que permite ao transportador trabalhar com carretas de qualquer voltagem e também facilita a instalação de acessórios.

A garantia de dois anos ou 200.000 km para o trem de força e o intervalo de 30.000 km entre as paradas para manutenção preventiva e troca de óleo são outros fatores que colaboram para o baixo custo operacional do veículo.

 

Fonte: Imprensa Ford
Publicação: Ygor - Staff FiestaHP

Voltar
31/05/2004 - Fiesta HP