LANÇADA A 9ª EDIÇÃO DO PRÊMIO FORD

MOTOR COMPANY DE CONSERVAÇÃO AMBIENTAL

 

 

            A Ford e a organização não-governamental Conservação Internacional abriram no Dia Internacional do Meio Ambiente, comemorado no último sábado, 5 de junho, as inscrições para a nona edição do Prêmio Ford Motor Company de Conservação Ambiental. Considerado um dos reconhecimentos de maior prestígio do setor no Brasil, ele dará R$20.000,00 a cada um dos vencedores em cinco categorias: Conquista Individual, Negócios em Conservação, Ciência e Formação de Recursos Humanos, Iniciativa do Ano em Conservação e Educação Ambiental.

 

 

 

            Podem concorrer ao prêmio entidades ambientalistas, universidades e instituições de pesquisa, órgãos e agências governamentais, empresas privadas, assim como indivíduos que tenham desenvolvido, no último ano, projetos ligados à conservação do meio ambiente no Brasil. O júri será formado por especialistas da área, que selecionarão os projetos com base nos resultados alcançados e no emprego de soluções inovadoras para a conservação de ecossistemas e espécies ameaçadas. Dentro do enfoque de cada categoria, também serão premiadas iniciativas voltadas para a promoção da educação ambiental e a criação de modelos de desenvolvimento sustentável.

            “Temos muita satisfação de reconhecer com o Prêmio Ford Motor Company de Conservação Ambiental pessoas e organizações que estão apontando novos caminhos para a preservação da riqueza biológica do País. Ele mostra que existem iniciativas promissoras nesse campo, que merecem ser conhecidas e aplaudidas por todos os setores da sociedade”, diz  Hélio Perini, gerente de Responsabilidade Social da Ford.

            O prêmio faz parte da política de responsabilidade social da Ford, que tem como focos principais o apoio à educação fundamental e o meio ambiente, além de ações sociais e o incentivo ao trabalho voluntário dos empregados. Ele foi lançado em 1996, inspirado em seu congênere europeu, dentro da parceria da Ford com a Conservação Internacional, ONG que atua em mais de 30 países. Bill Ford, presidente mundial da Ford, é também um dos membros do conselho da organização.

 

Acervo de projetos

            Em suas oito edições, o Prêmio Ford Motor Company de Conservação Ambiental premiou 32 projetos e reuniu um acervo de quase 900 iniciativas em todo o Brasil. Dentre os premiados estão grandes expoentes da conservação no país, como o professor Paulo Nogueira-Neto, o almirante Ibsen de Gusmão Câmara, o agrônomo Alceo Magnanini e a arqueóloga Niéde Guidón, além de organizações atuantes como a Renctas – Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres, a Comissão Pró-Índio do Acre, a TV Cultura, o Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais, de Manaus, e a Rureco, Fundação para o Desenvolvimento Econômico Rural da Região Centro-Oeste do Paraná.

            “O prêmio tem atraído um número crescente de participantes e iniciativas inovadoras. Em 2003, foram 231 ações inscritas, um crescimento de 45% em relação ao ano anterior”, afirma José Maria Cardoso da Silva, vice-presidente de Ciência da CI-Brasil. "Ao longo desses nove anos, o prêmio registrou uma evidente melhoria da capacidade institucional brasileira na condução de programas de conservação, com projetos embasados nas ciências biológicas, humanas e sociais. Apostamos na interdisciplinaridade para promover a conservação da biodiversidade do planeta e ficamos orgulhosos de poder reconhecer ações de sucesso por meio do Prêmio Ford".

            O regulamento e os formulários para inscrição no prêmio estão disponíveis no site da CI-Brasil, www.conservacao.org. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail info@conservacao.org ou pelo telefone (31) 3261-3889. O prazo para entrega das inscrições e projetos é 1° de outubro (data do carimbo postal).

 

Fonte: Imprensa Ford
Publicação: Ygor - Staff FiestaHP

Voltar
08/06/2004 - Fiesta HP