ESTRANGEIRAS PODEM CAUSAR EXCESSO DE OFERTA NA CHINA

            A Ford Motor Company planeja mais que triplicar sua produção na China este ano, disseram executivos da empresa nesta terça-feira, em seu esforço para acompanhar a General Motors (GM) e outras montadoras estrangeiras instaladas no mercado de automóveis que mais cresce no mundo. A Ford planeja produzir 65 mil veículos na China em 2004, menos de um por cento de sua produção mundial e cerca de 10 por cento do total produzido pela maior rival, a GM. 
             Fabricantes de veículos como GM, Volkswagen e Toyota planejam investir cerca de 13 bilhões de dólares para produzir seis milhões de carros ao ano na China no futuro próximo. Isso provocou temores de um excedente de produção que poderia levar a uma guerra de preços. A GM, maior montadora do mundo, investirá três bilhões de dólares para duplicar sua produção na China, para 1,3 milhão de unidades, até 2007. A rival Toyota quer fabricar 400 mil carros ao ano até 2010. E com Pequim tentando esfriar gentilmente sua economia acelerada, há quem tema que o crescimento nas vendas possa cair para apenas 10% em 2004, depois de quase dobrar no ano passado. 
            Por isso, os executivos da Ford seguem cautelosos. "Claro, gostaríamos de andar mais depressa, mas nossa preocupação é ter fundações sólidas", disse o vice-presidente executivo da Ford Asia, Mark Schulz, em Pequim. Os planos de expansão das estrangeiras, que alimentaram preocupações quanto a um possível excesso de oferta, causaram na terça-feira uma pesada venda de ações das montadoras chinesas na bolsa de Hong Kong.

 

Fonte: Canal Dana
Publicação: Ygor - Staff FiestaHP

Voltar
15/06/2004 - Fiesta HP